Destino polêmico, Dubai nos surpreendeu positivamente! Toda família se divertiu muito em cada local visitado! Tudo lá apresenta uma grandiosidade impactante! Não há como não se deslumbrar com as obras de engenharia da cidade. O engenheiro da casa queria parar a cada cem metros para apreciar as diversas esculturas em forma de edifício! Sensacional! É bem verdade, que não se pode esperar um tesouro histórico, pois se trata de uma cidade nova, mas que é um paraíso no campo tecnológico e arquitetônico, isso é!

 

 

 

 

 

 

 

Para aproveitarmos melhor a cidade, contratamos uma guia brasileira, a  Natalia Arreguy. Ela é sensacional: culta, prestativa e doce! E claro, que ao final dos dois dias de tour (um em Dubai e o outro em Abu Dhabi) nós já éramos amigas! Você pode contactá-la através do Whatsapp (+971 50 6452755), do Facebook (Natalia Arreguy Guia-Dubai),  ou do email ([email protected]). O nosso tour valeu cada centavo pago. Tínhamos contratado o tour apenas em Dubai, chegando lá gostamos tanto que resolvemos conhecer Abu Dhabi com ela! Foi show!

 

 

Segue o top 10 de Dubai:

1 – Miracle Garden – Esse jardim é sem dúvidas o mais bonito que já  vi, apesar de ser 100% artificial! Ele é formado por várias esculturas e réplicas de monumentos históricos, todos elaborados com flores! Indescritível a beleza do lugar. Foi um programa que agradou a toda família, dos pais aos três filhos!

Ele não fica aberto o ano inteiro, geralmente do final de novembro ao mês de maio. O ingresso este ano (2017) está custando 40 AED (um pouco menos de U$S 11) para adulto,  e 30 AED (cerca de U$S 8) para  criança (3-12 anos) . Crianças abaixo de 03 anos não pagam.

Ele não é central, então reserve pelo menos um turno para visitá-lo!

 

 

Tudo foi milimetricamente pensado nesse lindo jardim…

 

 

Cada escultura mais bonita que a outra…

 

Olhe esse corredor…

 

 

 

Alina solta…Aproveitando…

 

Alina se encantou…

 

Fim de passeio! Todos acabados!

 

2 – Safari no Deserto –  Ele pode ser realizado pela manhã ou no final da tarde. Existem várias opções de passeio e empresas. Fizemos o privativo, no final da tarde, com a empresa Arabian Team Adventure. Os carros são confortáveis, e o pôr do sol…Já paga o passeio…

 

Você ainda acha que Dubai é um destino apenas para adultos?

 

Todos se divertiram muito….

 

Risos e brincadeiras!

 

Pense na alegria!

 

 


 

Os irmãos brincando, a areia é fria e massageia o pé! Delícia de passeio!

 

 

O nosso condutor!

 

Há um jantar incluído, nada gourmet, mas gostamos muito.  Comemos  algo muito parecido com o acarajé, contudo sem recheio! A turma adorou! Durante a refeição assistimos a apresentações culturais, dentre as quais dança do ventre. As meninas ainda fizeram tatuagem de henna, e   andaram de camelo, acompanhadas do irmão. Nem preciso dizer que amaram…

 

 

Lara com uma tatuagem de henna

 

Alina e Carlos no camelo!

 

3 – Burj al Arab – Claro que você não vai sair de Dubai sem tirar a tradicional foto do hotel que mais parece uma vela! Se você quiser entrar, terá que fazer uma reserva em um dos restaurantes ou no bar Skyview. Não é permitida a entrada de meros visitantes curiosos. Nós fomos ao barzinho Skyview, e valeu demais à pena, não pelo bar em si (até que a comida – o hamburguinho é esplêndido –  e os drinks são legais), mas principalmente para eu ter a certeza de que não me hospedaria ali. O Hotel tem uma decoração tão carregada que provoca arrepios! Penso que a denominação “over” surgiu lá!

 

Impacto na entrada do hotel Burj Al Arab!

 

Decoração de natal!

 

 

Teto da entrada!

 

Entrando no Skyview

 

 



 

Banheiro masculino com amenities Hermes!

 

Se você não estiver a fim de pagar para conhecer a dita “decoração”, passe na porta pelo menos para tirar uma foto! Da praia também conseguimos ótimos clicks!

 

 

O design do Burj al Arab é perfeito, um deslumbre!

 

 

 

 

4 – Burj Al Khalifa – O edifício é lindíssimo, todo revestido  em aço e vidro. Ele possui 828 metros de altura, e por isso você vai precisar fazer malabarismos para enquadrá-lo na foto.  É muito agradável passear no entorno.

 

 

 


 

O revestimento do Burj Al Khalifa é lindo! Muito moderno e futurista!

 

Interessante a limpeza dos vidros

 

 

 

5 – At the Top – É o mirante do Khalifa. Eu senti muito frio na barriga, aquilo é alto demais, mas Daniel e a prole adoraram. A vista é estonteante! Importante: compre os tickets com antecedência, pois há a real possibilidade de se esgotarem. Além disso, a compra antecipada evita longas filas. O valor dos tickets varia atualmente de AED 125 (mais ou menos U$S 35) a AED 500 (cerca de U$S 136), a depender de horário e de outros detalhes ( há tickets que dão direito a drinks e aperitivos).

 

Até os edifícios parecem quando se está pequenos no At The Top!

 

 

 

6 –  Tour – Fazer um tour (de preferência com a Natalia – e olhe que não somos patrocinados)  pelo The Palm Jumeirah, entrando no Atlantis Hotel (entre e circule, vale à pena!) e depois passando no Meydan Hotel (onde fica o hipódromo), no  Za’abeel Palace (palácio do Sheik de Dubai) e na Marina Dubai.

 

 

 

 

 

Aquário do Hotel Atlantis

 

 

Precisa de legenda?

 

A fachada do Hotel Atlantis

 

Recepção do Meydan Hotel – onde fica o hipódromo

 

 

Hipódromo

 

7 – Creek – Fazer a travessia do creek de táxi-barco, e depois flanar pelo Souk de Especiarias  e finalmente se esbaldar no Souk de Ouro. Para quem não sabe, souk é na realidade um mercado!

 

Passeio pelo Creek

 

Souk de Especiarias! Não deixem de comprar açafrão, é singular!

 

 

 

 

8 – Souk Madinat Jumeirah – Parece uma galeria, porém apresenta um charme singular, com um lago artificial e muito charme. É um mercado de luxo! Fica encravado no complexo Madinat Jumeirah, e mesmo que você, assim como nós, não pretenda comprar nada lá (itens caros), indico demais a visita. Há mais de 70 lojas, muitos cafés, bares e restaurantes.  Ambiente muito agradável e romântico, principalmente no cair da noite.

 

 

 

 

 

9 – Museu Dubai – Ele é pequeno, mas organizado e aconchegante. Gostamos muito! Ele fica no Forte Fahidi, construído em 1787, indicado como a mais antiga construção de Dubai.

 

 

 

 

 

10 – Al Farroq Mosque – É uma das poucas ou a única mesquita em Dubai aberta à visitação. Foi uma experiência muito enriquecedora, principalmente para as meninas, que começaram a entender  algumas peculiaridades da religião muçulmana. Há um setor preparado para nos fornecer as vestes adequadas, o Al Kandora para homens e o cloak-like para as mulheres.

 

 

 

Não elenquei dentre os itens do top 10 porque não se trata de atração de Dubai, mas nem pense  em sair dos Emirados Árabes sem passar por Abu Dhabi! Seria um crime, e isso por lá é coisa séria! Teremos em breve um post sobre Abu Dhabi.

Há ainda outras atrações muito indicadas pelos guias e outros blogs, mas para nossa família não são prioridades.

Se der tempo:

1) Jumeira Beach – O melhor trecho é o que fica no entorno do Burj Al Arab. As meninas adoraram brincar por lá! Ainda encontramos um aniversário interessante à beira-mar.

 

 

 

 

 

2) Dubai Fountain – instalada em um lago artificial de 12 hectares, onde de meia em meia hora acontecem shows de águas dançantes criados e operados pela empresa que também é responsável por atração semelhante no Hotel Bellagio de Las Vegas. Os números duram 4 minutos e acontecem a cada meia hora, entre 18h e a22h (até 23h às sextas e sábados). Achei muito cheio… Não senti a mesma atmosfera do espetáculo de Vegas.

 

Águas dançantes

 

3) Dubai Ice Rink – somente a nossa caçula aproveitou essa pista de patinação. Ela adorou!

 

 

 

4) The Emirates A380 Experience – Simulador que faz você se sentir pilotando um Airbus. Daniel e Carlos adoraram, porém acharam que não vale o preço, qual seja, AED 375, cerca de US$ 100, por pessoa.

 

5) Dubai Aquarium and Underwater Zoo – Eu particularmente não sou muito fã de aquário, na verdade, acho que sou traumatizada porque Daniel sempre quer ir e terminamos passando horas e horas nos aquários deste mundão! Nessa viagem ele teve que se contentar com o aquário do Hotel Atlantis!😬

6) SEGA Republic e Kidzania : Dois parques temáticos indoors, não fomos, porém soube que são excelentes.

7) Pista de Ski indoor -Fica no Mall do Emirates.  Para os apaixonados por esqui, atração imperdível. Não pense que é um brinquedinho para crianças, são 22.500 metros quadrados de área para para os esquiadores.

8) COMPRASDubai tem tudo que você sonhar, de restaurantes a brasserie, de grandes grifes a marcas mais populares. Entretanto, não se anime, os preços não são tentadores, eu achei tudo lá muito caro. Na cidade há inúmeros shoppings, dentre os quais:

– Dubai Mall: Maior shopping do mundo, possui 1200 lojas, restaurantes, cinema, aquário indoor, pista de patinação no gelo e muito mais.

Mall of the Emirates: Nele fica a adorada atração do Ski indoor, e ainda lojas de grandes grifes como  Dior, Celine, Fendi, M Missoni, Marc Jacobs, Furla e Balenciaga, por exemplo.

Burjuman Shopping: Possui algumas lojas não tão caras como Aeropostale, Blumarine, Chanel, Diesel, Zara, Bebe, além de ter a única loja da Prada e Miu Miu da cidade, dentro da Saks Fifth Avenue. Para mim, a sua arquitetura é o ponto alto.

ONDE FICAR: Nós nos hospedamos no Hyatt Regency Dubai Creek Heights, ele é relativamente central (Dubai é bem espalhada), mas não fica na região famosa.O Hotel é um cinco estrelas, novo, café da manhã maravilhosos (um sonho), e não tão caro.

Se você quiser gastar um pouco mais, você pode se hospedar no One&Only the Palm Dubai, elegante, charmoso, mega confortável e serviço de primeira!

ONDE COMER:

Lemongrass Thai Restaurant – simples, bom e barato – É um restaurante de comida tailandesa que  está localizado perto do Hyatt no qual nos hospedamos.

Restaurante Armani/Mediterraneo at Armani Hotel Dubai, Burj Khalifa Area, Downtown Dubai . Ideal para almoço! Estilo Buffet, mas não é qualquer buffet! Comida de primeira qualidade, diversidade sem igual! O ambiente é lindo, e de quebra você ainda conhece o Hotel Armani.

 

 

 

Arabian Tea House Café, restaurante simples, como muitas opções de grelhados e saladas! Boa dica para almoço após a visita ao Museu Dubai.

 

 

 

Karam Beirut, é um restaurante bastante recomendado para comer a típica comida árabe, porém, econômico e sem requintes, localizado no Shopping Emirates. Achei uma boa opção para almoço.

Nos shoppings da cidade você vai encontrar várias opções para almoço.

MOEDA: A moeda nos Emirados Árabe é o Dirham (AED), mas sequer fizemos câmbio, pagamos tudo em dólar, sem problemas!
E aí, vainamala para Dubai?

Faça a reserva no Booking pelo nosso site, você não paga nada a mais por isso!