Amigo mala,

Você não faz ideia da beleza estampada nas águas dessa ilha croata que se transformou na queridinha dos europeus. Hvar é realmente uma ilha espetacular, e o hit do momento! Mas atenção, por óbvios motivos, não é um destino indicado para o inverno!

.

Nós saímos de Dubrovnik, bem cedinho com destino a Hvar. Fomos de carro até Drvenik (cerca de duas horas passando pela Bósnia) e de lá pegamos o ferry  para o porto de Sucuraj. Confira os horários no site. A paisagem de todo trajeto é um deleite para os olhos e para alma. Nem sentimos o tempo passar.

 

 

O que fazer na ilha?

1 – Para nós o melhor da ilha foi o banho na praia Zarace. O mapa da ilha  traz a localização, mas quando você estiver chegando, haverá uma placa indicando que a praia fica à esquerda, desobedeça! Vire à direita e aproveite! O acesso é por uma escada meio chatinha (não indicada para quem tem dificuldade de locomoção). Que praia! Belíssima, sem dúvidas uma das três mais bonitas que já visitamos (acho até que esta no TOP 1).

.

.

.

Nós e nossos queridos amigos após o delicioso banho

.

2 – O pôr do sol no barzinho Hula-Hula é outra atração imperdível, o lugar é cool, com pessoas animadas e muitos drinks! Ah, os petiscos são bem interessantes!

 

.

.

.

 

3 – Um passeio de barco para conhecer as grutas “blue e green ” com uma paradinha nas ilhas de Vis (Stiniva Beach) e Palmizana! As grutas são lindas!  Tomamos banho na Green cave e na Stiniva Beach! Não é possível mergulhar nas estonteantes águas da blue cave!

CUIDADO:::: ATENÇÃO!!!!!  Optamos pelo passeio privado, como tínhamos feito nas ilhas gregas e na Costa Amalfitana, mas não deu muito certo. Compra-se o ticket nas agências locais. O passeio é lindo, mas a lancha não era apropriada para o mar, batia muito. Sugiro constatar qual é o tipo de embarcação antes de comprar. Não acredite na foto, peça para vê-la. Na hora da nossa compra eles mostraram uma foto, e depois chegaram com uma embarcação muito inferior! Depois escutamos outras histórias semelhantes de outros viajantes.

.

 

Gruta Azul

 

.

SEM FILTRO!!! Mais uma da gruta azul!

.

Nosso banho na gruta verde! Infelizmente a foto não revela a beleza do local!

.

Ainda da gruta verde!

.

Palmizana

.

4 –  Stari Grad – Patrimônio da UNESCO – muito agradável passear na região. Aproveite e almoce no Restaurante Kod Barba Luke, a massa trufada estava muito saborosa.

 

.

 

.

5 – Restaurante Dalmatino – Excelente comida e atendimento. O filé trufado estava divino!!! Faça reserva, e se não conseguir, peça para reservar na lista de espera. Funciona mesmo, você vai esperar pouco tempo, no nosso caso aguardamos um pouco menos de 10 minutos.

 

 

 

.

6 – visita a vinícola Zlatan Otok (produz  vinho excelente –  Plavak grand cru). Há uma adega submarina interessante.

Onde ficar?

O nosso hotel foi o Fortuna, apesar de oferecer um quarto excelente, e um ótimo atendimento,   não recomendamos porque é longe e parece mais uma pousada do que um hotel 4 estrelas. O café da manhã é fraco! Pelo mesmo preço, poderíamos ter ficado no Amfora que eles chamam Resort – a estrutura do Hotel e a localização são maravilhosas, entretanto, vimos umas fotos dos quartos que não nos agradou. Se analisarmos o custo benefício, concluiremos que a rede hoteleira não é das melhores.

 

E aí, vainamala para Hvar?