imagem

Karula Kapama: uma jóia em plena savana!



Olá amigos malas!

Quem acompanha nosso site já sabe que adoramos a África do Sul. Pois bem, além de todas as maravilhosas atrações apontadas no post “África do Sul: a beleza de um povo feliz!”, precisamos detalhar para você a fabulosa experiência de se hospedar em grande estilo no coração da savana. Sem dúvidas, o melhor hotel que já nos hospedamos: Kapama Karula, no Kruger Parque.

De início, é importante registrar que, se você é apreciador  de vinhos, deve primeiro visitar o safari e somente depois Cape Town e adjacências, porque com certeza você comprará muitos vinhos  em Stellenbosch e em Franschhoek, região que abriga maravilhosas vinícolas.

É válido esclarecer, que o hotel está encravado no Kruger Parque, o local ideal para você fazer seu safari na África do Sul, visto que se trata da maior aérea de preservação da fauna do país, com cerca de 200.000m², entre as províncias de Limpopo e Mpumalanga.

.

.

.

.

Para chegar no Hotel-Paraíso, você deve pegar um voo partindo de Joanesburgo ou Cape Town (se você não seguir nosso conselho ou não gostar de vinhos) com destino ao aeroporto Eastgate –  Hoedspruit . A companhia aérea que faz o percurso é a South African Express, e ele tem duração de mais ou menos de uma hora se você estiver partindo de Joanesburgo. Lembre-se que esse Aeroporto é o ideal para quem vai se hospedar no Karula, uma vez que há vários outros pequenos aeroportos na área como o de Skukuza e Phalaborwa, nos quais opera a companhia Airlink. Você também pode ir de carro, porém não recomendamos, por não termos conhecimento sobre a segurança do trajeto, que duraria em média 04 horas e 30 minutos.

.

O nosso avião

.

Parte externa do Eastgate

.

O interior do pequeno aeroporto

.

Transfer? Não se preocupe, os hóspedes do Grupo Kapama contam com o serviço de transfer já incluído na tarifa. E mais, provavelmente, a pessoa que for lhe pegar conduzirá o veículo durante todos os dias do safari. O Kapama é um grupo hoteleiro que possui vários tipos de alojamento, e optamos pelo Karula. Ele comporta poucos hóspedes, porque são poucos alojamentos, todos de luxo, sendo dez “Superior Suites”  (chalé de 90m²) e duas “Family Suites” (170 m²). Você não pode imaginar o luxo deste hotel.

.

O nosso transfer

.

Nossa suíte

.

parte do nosso banheiro

.

 

Um sala de estar do hotel

.

Sala de leitura

.

Todas as opções de alojamento do grupo Kapama, da mais simples ao mais arrojando, inclui no valor da tarifa dois safaris diários, um pela manhã e outro no final da tarde. No caso do Karula, no segundo safari do dia ocorre uma parada para contemplação do pôr do sol, regado a vinho e alguns petiscos. Não temos certeza se as demais opções de alojamento também disponibiliza esse mimo para o hóspede. A emoção de ver os animais no seu habitat paga cada centavo da viagem! Ah, uma informação importante, o grupo Kapama não interfere na natureza e, por isso, por exemplo,  não fornece medicamentos aos animais para não alterar o equilíbrio da fauna.

.

Safari da tarde

.

O nosso lanchinho durante o safari

.

.

.

Pôr do sol na savana sul-africana

.

.

.

Em todos os alojamentos  você também terá as refeição incluídas no valor da diária (full board). No Karula foram seis refeições diárias, computados os lanches. Pela manhã, antes do safari, há um dejejum, no retorno do “game reserve” você terá um café da manhã farto, com várias opções de pães, queijos, embutidos e muito mais!!! O almoço é a la carte, e o menu não deixa a desejar, agrada a gregos e troianos! Antes da saída para o Safari eles oferecem outro lanche com canapé, oleaginosas, alguns quitutes e várias opões de sucos, chás e cafés. Durante o safari vespertino há mais um lanche, conforme já mencionamos,  e ao chegar,  drinks de boas-vindas e o jantar, que também é a la carte. A única coisa que não está incluída é a bebida alcoólica.  Ah, para completar a comilança, nos quartos eles oferecem biscoitinhos, cafés e chás. Não souberam nos informar se nas demais modalidades de alojamento também se obedece esse formato. O site também não dispõe essa informação, porém se você estiver interessado em outra modalidade de hospedagem poderá entrar em contato com o grupo através do email res@kapama.com .

 

Um das nossas entradas

.

Um delicioso filé!

 

Sobremesa maravilhosa e leve

.

Biscoito, café e água sem custo para o hóspede

.

Cada suíte do Karula possui a sua própria piscina, e da cama é possível observar a savana. Nós, da nossa banheira, conseguimos ver o leopardo, que é tido como o animal (Big Five) mais difícil de ser visto. As paredes dos banheiros são em vidro para que você possa desfrutar daquela natureza bruta, praticamente intocada.

.

.

.

Os macaquinhos foram nos visitar e ficaram nos encarando da borda da piscina!

.

As demais espécies de alojamento do grupo Kapama também oferecem um excelente padrão de qualidade, são elas: River Lodge, Southern Camp e Bufalo Camp.

Como opcionais (excepcionalmente podem já estar incluídas na tarifa), são ofertadas pelo grupo Kapama  as seguintes atividades: interação com elefantes, romântica pernoite ao ar livre, visita ao Centro Hoespruit de espécies ameaçadaspasseio de balão, River Lodge SpaKarula Spa.

 

.

Nós e o jabulani , o elefante que deu nome a bola da Copa do Mundo de 2010!

.

E aí, vainamala para o Kruger Parque?

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resolva esse captcha para continuar. *