Continuando nossa maravilhosa viagem, saímos de Ravello no final da manhã com destino a Positano. O trajeto possui cerca de 30 Km de farta beleza, e muitas curvas. A estrada é estreita e realmente sinuosa, razão pela qual é preferível  alugar um carro pequeno ou, no máximo, de médio porte. Sinceramente, não acho viável a utilização de transporte público entre as cidades. Não são frequentes e você ainda terá que subir ladeiras ou escadas com suas bagagens.

No caminho, paramos em Amalfi. A cidade é bonitinha, todavia não se compara às vizinhas. Senti um ar de decadência, não gostei e não indico utilizar a cidade como base, em que pese reconhecer que ela oferece hospedagem mais barata (com bom  custo-benefício). Nós tínhamos reserva no Restaurante Caravella, mas optamos por seguir  viagem….

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Chegamos a Positano no final da tarde. A cidade é linda. Da varanda do nosso hotel ficamos curtindo o pôr do sol.

 

Pôr do Sol: porque nós adoramos esse espetáculo da natureza

 

À noite jantamos no Restaurante Zass, no maravilhoso  IL San Pietro di Positano, da Rede Relais Chateaux, sem dúvida o melhor hotel da  cidade. Confesso que esperava algo mais gourmet pelo preço que pagamos, € 400 o casal (menu degustação), e por se tratar de um restaurante com uma estrela no Guia Michelin. A  comida era saborosa, mas simples, sem requintes. O ponto alto foi a “excursão” que fizemos pelo hotel a convite do gerente. Infelizmente não temos fotos dessa noite, pois o celular do Daniel (o fotógrafo do blog) foi furtado quando chegamos no Brasil!

No dia seguinte, o sol nos convidou para um passeio de barco privativo ( € 120). Para mim o melhor programa de Positano. Passamos por praias, lindas rochas e pela Gruta Esmeralda, que é tão bela quanto a Gruta Azul de Capri, e com fácil acesso por uma escada de concreto. O dia estava lindo, mas não muito quente, em torno de 20°, o que inviabilizou o banho de mar. Ah, o barco (na verdade um veleiro que não estava utilizando a vela) nós alugamos na Spiaggia Grande, a praia agitada que é praticamente uma ramificação do centro.

 

Visto do caminho entre o Hotel e a Spiaggia Grande

 

Mais uma parada para fotos…

 

Spiaggia Grande ao fundo

 

Já no passeio de barco

 

Os deslumbres da natureza

 

Ainda no passeio de barco

 

Estrutura privativa e luxuosa para os hóspedes do hotel Il San Pietro di Positano Hotel

 

Gruta Esmeralda

 

Ainda na Gruta Esmeralda

 

Transparência….

 

A rocha do interior da gruta

 

Ao final do passeio, descemos na Spiaggia Grande e paramos no Restaurante Noleggio Barche Lucinello, localizado na própria Marina Grande. Comida saborosa, porém simples. Preço razoável.

 

 

 

 

A conta…

 

Após o almoço, saímos em direção à Spiaggia Del Fornillo, praia mais tranquila, mas também com estrutura.

 

 

 

 

No meu caminho…

 


Ato contínuo, fomos até a Chiesa de Santa Maria Assunta e Cripta Medievale e no final da tarde passeamos pela cidade.

 

 

 

Passeando…

À noite, jantamos no La Sponda Restaurante, também com uma estrela no Guia MichelinAmbiente aconchegante, romântico, excelente atendimento e comida boa. Adoramos!

 

Cenário romântico

 

 

 

 

 

 

 

Ambiente aconchegante

 

Entrada do hotel onde fica o restaurante

 

No dia seguinte, nos despedimos de Positano e da Costa Amalfitana, pois seguimos em direção a Capri.

Onde ficar: Nós ficamos no Hotel Art Pasitea Positano, o nosso quarto era muito pequeno e o café da manhã fraco, pois além de pouca variedade, os pratos não eram saborosos. A localização é maravilhosa, entretanto, o serviço era péssimo. Este hotel foi muito recomendado e, por isso, fico a pensar que pode ter sido uma mera falta de sorte.

 

Vista da nossa varanda

 

Hall do Hotel

 

Fachada do hotel

 

E aí, vainamala para Positano?