Para os apreciadores da enogastronomia, Santorini é muito mais que um paraíso! Nós comemos super bem na ilha, e ainda por cima tomamos excelentes vinhos, não só brancos, mas também tintos, e claro, todos gregos!

Selecionei para você alguns restaurantes imperdíveis,  com sugestão do que pedir!

Mas antes de adentrar nos restaurantes, preciso fazer duas indicações outras.

Se você quer um pôr do sol com mais glamour e petiscos inesquecíveis, eu indico o rooftop do  Catch BarA visão do pôr do sol não é das melhores, fato que é compensado pelo aconchego do ambiente e sabor dos petiscos, que são maravilhosos. Pedimos um carpaccio e um polvo que estavam divinos, e para acompanhar um delicioso espumante.

.

.

 

Para se refrescar, sugiro os sorvetes de figo e de chocolate da  Solo GelatoImperdíveis!!!!

 

Agora sim, vamos aos restaurantes!

O meu preferido em Santorini é o Ambrosia As entradas são fartas, apesar de serem rotuladas como individuais. Eu pedi uma entrada de cabelo de anjo, com recheio de gorgonzola e molho de frutas vermelhas que estava esplêndida. Meu prato principal foi um salmão perfeito. Daniel optou por lulas mergulhadas em um leve molho de pimenta e risoto de frutos do mar. Tudo delicioso!! As sobremesas são enormes, suficientes para três, no mínimo! O único desapontamento foi o fato de não ser possível ver o pôr do sol, em que pese a vista ser belíssima!

 

           

 

           

 

Outro restaurante que merece indicação é o Lauda Restaurant at the Andronis Boutique Hotel .  Muito bom, comida bem elaborada, mais gourmet que os demais. Comemos um bom filé, uma lagosta  bem preparada e uma sobremesa de maracujá maravilhosa. O ambiente é lindo, já  justifica a visita.

.

 

Fomos também ao 1800 que é um restaurante com bom serviço, ótima comida (mais rústica), mas sem o charme dos  restaurantes que visitamos nos dias anteriores. Comemos  a nossa conhecida picanha!

.

 

Se você estiver em Fira, pode optar por almoçar no Italiano Convivium (Thera 847 00), que oferece boa comida, serviço satisfatório e preços justos.

Fizemos reservas em todos os restaurantes indicados, à exceção do Convivium.

Bebemos alguns ótimos vinhos na ilha, dentre os quais cito: o branco  Assyrtiko, da Argyros ( safra 2015); o espumante Venetsanaos; e, os tintos (eu sei que a Grécia é o país dos vinhos brancos, mas Daniel não aceita não provar os tintos.) Trilogia, da Christos Kokkalis (safra 2014), e o Maypotpatano Mavrotragano, da Gavalas (safra 2014). Todos com excelente custo-benefício.

.

 

.

E aí, vai na mala?

Se você já está sonhando com a ilha, visite nosso post “Santorini, a minha pedra preciosa”.